O plano de saúde negou o fornecimento de um medicamento de alto custo?

O plano negou o fornecimento do medicamento indicado para o tratamento do câncer?

A negativa pode ser considerada abusiva!

Nosso escritório conta com advogados especializados para te ajudar a obter uma liminar na Justiça e garantir o fornecimento do medicamento!

34a7e1_393a10770ceb4877beef9c76880d4fbe~mv2.png

É comum que os pacientes portadores de câncer, independentemente do tipo, além de serem submetidos a uma batalha contra a doença, também sejam obrigados a enfrentar uma batalha cansativa e desgastante contra as operadoras de planos de saúde.

Muitas vezes isso acontece em razão de os planos de saúde não fornecerem o medicamento indicado pelo médico para o tratamento da doença.

 

As duas justificativas mais comuns utilizadas pelos planos de saúde para a negativa são:

1. O medicamento não consta no rol da ANS; e/ou

2. O medicamento não é indicado para o tratamento daquele tipo de câncer específico.

No entanto, essa prática é considera abusiva pela Justiça.

 

Há inúmeras decisões de diversos Tribunais determinando à operadora do plano de saúde que forneça o medicamento indicado pelo médico responsável pelo paciente.

Por esse motivo, cada vez mais pessoas com câncer estão recorrendo ao Poder Judiciário para garantir o fornecimento do medicamento indicado para o seu tratamento.

Nosso escritório possui uma equipe especializada nesse tipo de ação. Atuamos com a rapidez necessária para obter uma liminar, ou seja, uma decisão rápida da Justiça para garantir o fornecimento do medicamento indicado pelo médico.

Para recorrer ao Poder Judiciário, além dos documentos pessoais do interessado, dois documentos são fundamentais:

1. Um relatório médico detalhado informando os motivos pelos quais aquele medicamento em específico é fundamental para o tratamento. Quanto mais o médico relatar a necessidade daquele medicamento, maiores são as chances de obter na Justiça uma decisão favorável;

2. A negativa formalizada da operadora do plano de saúde. Segundo a Resolução nº 395 da ANS, a operadora do plano de saúde tem até 24 horas para fornecer ao interessado informações por escrito sobre a negativa do fornecimento do medicamento.

 

Portanto, se você ou alguém da sua família teve o fornecimento do medicamento indicado pelo médico para o tratamento de câncer negado, entre em contato agora com o nosso escritório.

Uma equipe especializada irá analisar o seu caso, tirar todas as suas dúvidas e te orientar da melhor forma possível.

 

Nós vamos brigar pelo seu direito, pois a sua recuperação é o que nos motiva!

Estamos à disposição para te atender.

Conte conosco!

34a7e1_393a10770ceb4877beef9c76880d4fbe~mv2.png

Veja algumas decisões da Justiça que garantiram o fornecimento dos medicamentos:

Paciente com câncer garante o acesso ao medicamento pomalidomida - Clique aqui

Mulher com câncer de mama receberá o medicamento ibrance - Clique aqui

Criança com câncer irá receber do plano de saúde os medicamentos Avastin e Tecnotecano - Clique aqui

Plano de saúde não pode recusar tratamento em uso off label de medicamento - Clique aqui

34a7e1_393a10770ceb4877beef9c76880d4fbe~mv2.png